Home Quem Somos Opinião Contactos
B.I. da peÇa

O Desterrado

Onde estou
Outras PeÇas em destaque
Descrição
Representa um jovem nú sentado sobre uma rocha onde bate uma onda, com a cabeça pendente e os braços repousando nas pernas encavalitadas.
As linhas sinuosas, o olhar distante da figura e a presença do mar conduzem a uma leitura romântica da obra, que se inspira num poema de exílio de Alexandre Herculano. A esta referência literária deve-se acrescentar um significado saudosista, próprio do espírito de decadência da nação em finais do século XIX.
A obra está assinada e datada «A. S. dos Reis/ Roma 1872».
ColecÇÃo
Escultura
Data
1872
Medidas
Altura: 178 cm
Largura: 68 cm
Profundidade: 73 cm
NÚmero de inventÁrio
41 Esc MNSR
Núcleo
Escultura Século XIX/XX
Autor
António Soares dos Reis ( 1847 - 1889 )
Proveniência
Academia Portuense de Belas Artes
Esta obra foi a prova final de pensionista de escultura realizada em Roma em 1872 e concluída no Porto em 1874.
Materiais
Mármore de Carrara (1ª qualidade)
A destacar
Esta obra representa uma síntese entre o tema romântico que interpreta o sentimento da tristeza e a forma de um nú masculino, de proporções esbeltas e anatomia correcta que aponta para uma influência clássica na formação do escultor em Roma.
A elevada qualidade plástica da obra e o seu dignificado saudosista fazem do Desterrado de Soares dos Reis uma das obras-mestras da estatuária do século XIX e da arte portuguesa em geral.
Copyright Porto Digital 2006 - Todos os direitos reservados